Luciano Tavares Advogado especialista em Direito Médico

Glosa: Como evitar – Guia Completo

Glosa: Como evitar – Guia Completo

Médicos frequentemente enfrentam a recusa de pagamento (glosa) por parte de planos de saúde e do SUS, o que pode comprometer seriamente seus rendimentos e reputação profissional. As principais causas incluem erros de preenchimento de documentos, divergências de cobertura, uso incorreto de códigos, falta de documentação adequada, atrasos no envio de informações e falhas em autorizações prévias. Para evitar essa situação, é essencial preencher corretamente guias e prontuários, conhecer as regras de cobertura, utilizar códigos atualizados, manter registros detalhados, cumprir prazos, solicitar autorizações prévias quando necessário e acompanhar faturas de perto, contestando recusas injustificadas. Caso ainda assim enfrente problemas, o Dr. Luciano Tavares, especialista em direito médico e da saúde, pode oferecer assessoria jurídica especializada para defender os interesses dos médicos.

Médicos, vocês dedicam suas vidas a cuidar da saúde de seus pacientes, mas muitas vezes enfrentam desafios que vão além da prática clínica. Um desses desafios é a glosa, um processo que pode comprometer significativamente seus rendimentos e reputação profissional. Neste artigo, vamos explorar profundamente o que é recusa de pagamento, suas principais causas, como evitá-la e como o Dr. Luciano Tavares, especialista em direito médico e da saúde, pode ajudá-los a proteger seus interesses.

Glosa: O Que É Recusa de Pagamento?

A recusa de pagamento é um termo utilizado no setor de saúde para se referir à negativa parcial ou total de pagamento por parte das operadoras de planos de saúde ou do Sistema Único de Saúde (SUS) pelos serviços médicos prestados. Essa recusa pode ocorrer por diversos motivos, que vamos explorar a seguir.

Principais Causas de Recusa de Pagamento

  1. Erros de Preenchimento: Erros no preenchimento de guias, prontuários ou outros documentos médicos são uma das causas mais comuns de recusa de pagamento. Informações incompletas, inconsistentes ou incorretas podem levar à negativa de remuneração.
  2. Divergências de Cobertura: Quando os serviços prestados não estão cobertos pelas regras do plano de saúde ou do SUS, a recusa de pagamento pode ocorrer. É fundamental conhecer as regras de cobertura para evitar essa situação.
  3. Códigos Incorretos: O uso de códigos incorretos para procedimentos, diagnósticos ou materiais pode resultar em recusa de pagamento. É essencial manter-se atualizado com as codificações médicas mais recentes.
  4. Falta de Documentação Adequada: A ausência de documentação suficiente para comprovar a necessidade dos serviços prestados pode levar à recusa de pagamento. Registro detalhado de notas clínicas, exames e prescrições é crucial.
  5. Atrasos no Envio de Documentação: Atrasos no envio de guias, prontuários ou outras documentações necessárias podem resultar em recusa de pagamento por parte das operadoras de planos de saúde ou do SUS.
  6. Falhas em Autorizações Prévias: Em alguns casos, é necessária uma autorização prévia para determinados procedimentos ou serviços. Falhas nesse processo podem acarretar em recusa de pagamento.

Quando há recusa de pagamento, os médicos podem enfrentar sérios prejuízos financeiros, pois não receberão o valor integral pelos serviços prestados. Além disso, a negativa de remuneração também pode afetar a reputação profissional do médico, uma vez que pode ser interpretada como uma falha na prestação de serviços ou na gestão de sua prática.

Como Evitar a Recusa de Pagamento

Prevenir a recusa de pagamento é fundamental para proteger seus rendimentos e reputação. Aqui estão algumas dicas detalhadas para ajudá-lo a evitar esse problema:

  1. Preenchimento Correto de Guias e Prontuários: Certifique-se de preencher todas as informações necessárias de forma precisa e completa, sem deixar campos em branco ou com informações inconsistentes. Erros de preenchimento são uma das principais causas de recusa de pagamento. Invista em treinamento para sua equipe para garantir o preenchimento adequado.
  2. Conhecimento Profundo das Regras de Cobertura: Estude atentamente e mantenha-se atualizado sobre as regras de cobertura dos planos de saúde com os quais você trabalha e do SUS. Isso ajudará a evitar divergências e garantir que seus serviços sejam cobertos de acordo com as regras vigentes.
  3. Uso Correto de Códigos: Utilize os códigos corretos e atualizados para procedimentos, diagnósticos, materiais e serviços. Acompanhe as atualizações periódicas das codificações médicas para evitar o uso de códigos obsoletos ou incorretos, o que pode levar à recusa de pagamento.
  4. Documentação Detalhada e Organizada: Mantenha registros detalhados e organizados de todos os serviços prestados, incluindo notas clínicas completas, exames, prescrições e justificativas para os tratamentos escolhidos. Documentação insuficiente ou desorganizada pode resultar em recusa de pagamento.
  5. Cumprimento de Prazos: Envie guias, prontuários e outras documentações necessárias dentro dos prazos estabelecidos pelas operadoras de planos de saúde e pelo SUS. Atrasos podem ser motivo para recusa de pagamento.
  6. Solicitação de Autorizações Prévias: Quando exigido, solicite autorizações prévias para procedimentos ou serviços com antecedência, fornecendo todas as informações necessárias de forma clara e completa.
  7. Acompanhamento de Faturas: Acompanhe de perto as faturas enviadas às operadoras de planos de saúde e ao SUS. Identifique e conteste recusas de pagamento injustificadas o mais rápido possível, apresentando a documentação adequada para embasar sua contestação.

Seguindo essas dicas cuidadosamente, você poderá minimizar significativamente o risco de recusa de pagamento e garantir o recebimento adequado pelos serviços prestados.

O Papel do Dr. Luciano Tavares na Defesa dos Interesses dos Médicos

Mesmo seguindo todas as precauções, ainda é possível enfrentar situações de glosa. Nesses casos, é fundamental contar com a assessoria jurídica especializada

de um profissional como o Dr. Luciano Tavares, advogado experiente em direito médico e da saúde.

O Dr. Luciano Tavares oferece uma ampla gama de serviços voltados para a defesa dos interesses dos médicos, incluindo:

  1. Contestação de Glosas: O Dr. Tavares pode analisar cada caso de glosa e preparar recursos e contestações jurídicas para garantir que você receba o pagamento integral pelos serviços prestados.
  2. Revisão de Contratos: Ele pode revisar contratos com operadoras de planos de saúde e outras entidades, identificando cláusulas abusivas ou desfavoráveis e negociando termos mais justos.
  3. Defesa Ética e Disciplinar: Em caso de processos éticos ou disciplinares, o Dr. Tavares pode representá-lo, garantindo uma defesa sólida e respeitando os princípios éticos da profissão médica.
  4. Assessoria Jurídica Preventiva: Com a assessoria jurídica preventiva do Dr. Tavares, você pode evitar problemas antes que eles ocorram, protegendo sua carreira e seus interesses.
  5. Representação em Litígios: Se houver necessidade de ação judicial, o Dr. Tavares pode representá-lo em litígios contra operadoras de planos de saúde, hospitais, clínicas ou outras entidades, defendendo seus direitos e interesses.

O Dr. Luciano Tavares é um profissional dedicado e comprometido em proteger a categoria médica. Com sua expertise em direito médico e da saúde, ele pode oferecer soluções jurídicas eficazes para enfrentar desafios como a glosa, permitindo que você se concentre no que realmente importa: cuidar da saúde de seus pacientes.

Conclusão

A glosa é um problema sério que pode afetar significativamente os rendimentos e a reputação dos médicos. No entanto, com conhecimento adequado e assistência jurídica especializada, é possível evitá-la e proteger seus interesses profissionais.

Siga as dicas mencionadas neste artigo e não hesite em buscar a ajuda do Dr. Luciano Tavares em situações de glosa ou outros desafios jurídicos relacionados à sua prática médica. Com sua expertise em direito médico e da saúde, ele estará ao seu lado, defendendo seus direitos e garantindo que você possa exercer sua profissão com tranquilidade e segurança.

Dr. Luciano Tavares - Advogado Especialista em Direito Médico e da Saúde

Links Internos:
Defesa Erro Médico

Links Externos:
Morais & Tavares Advogados Associados

Base do Conhecimento

Base do Conhecimento completa sobre Direito Médico e Saúde.​

Glosa Saiba Como Evitar

Glosa: Como evitar – Guia Completo

Médicos frequentemente enfrentam a recusa de pagamento (glosa) por parte de planos de saúde e do SUS, o que pode comprometer seriamente seus rendimentos e reputação profissional. As principais causas incluem erros de preenchimento de documentos, divergências de cobertura, uso incorreto de códigos, falta de documentação adequada, atrasos no envio de informações e falhas em autorizações prévias. Para evitar essa situação, é essencial preencher corretamente guias e prontuários, conhecer as regras de cobertura, utilizar códigos atualizados, manter registros detalhados, cumprir prazos, solicitar autorizações prévias quando necessário e acompanhar faturas de perto, contestando recusas injustificadas. Caso ainda assim enfrente problemas, o Dr. Luciano Tavares, especialista em direito médico e da saúde, pode oferecer assessoria jurídica especializada para defender os interesses dos médicos.

Leia Mais »
Carência Plano de Saúde

Carência em Planos de Saúde

No texto “Carência em Planos de Saúde”, é explicado que as carências são períodos estabelecidos pelas operadoras de planos de saúde, durante os quais o beneficiário deve esperar antes de poder utilizar determinados serviços cobertos. Essa medida visa evitar comportamentos oportunistas e garantir a sustentabilidade financeira das operadoras, impedindo que as pessoas contratem o plano apenas quando necessitam de tratamentos específicos caros. As carências variam de acordo com a natureza do procedimento, sendo mais longas para casos de doenças preexistentes e procedimentos complexos. Durante o período de carência, o beneficiário pode utilizar serviços não relacionados ao tratamento sujeito à carência. O entendimento dessas carências é essencial para um planejamento adequado do uso do plano de saúde, garantindo que o beneficiário possa acessar os serviços necessários quando precisar, sem surpresas desagradáveis.

Leia Mais »
RN 593/23 Cancelamento de Planos de Saúde

RN 593/23: Entenda as Novas Regras da ANS para Cancelamento de Planos de Saúde por Inadimplência

A recente RN 593/23 da ANS estabelece novas diretrizes para o cancelamento de planos de saúde por inadimplência, exigindo notificação prévia e clara ao usuário. A normativa, em vigor desde abril de 2024, abrange diversos tipos de contratação e permite o uso de meios eletrônicos na comunicação. Para exclusão do beneficiário, são necessárias duas mensalidades não pagas em 12 meses, com prazo de 10 dias para quitação do débito após notificação. A resolução também protege pacientes internados ou em tratamento médico de doença grave contra rescisão unilateral.

Leia Mais »
Iatrogenia e erro medico

Iatrogenia e Erro Médico: A ação de produção antecipada de provas

O texto escrito pelo Dr. Luciano Tavares, advogado especialista em Direito Médico e da Saúde, aborda a distinção crucial entre iatrogenia e erro médico em contextos judiciais. Destaca-se que, enquanto a iatrogenia refere-se a danos ou efeitos adversos decorrentes de um tratamento médico adequado, mas dentro dos padrões recomendados, o erro médico implica em condutas negligentes, imprudentes ou imperitas do profissional de saúde. O texto ressalta a importância de compreender essa diferenciação para evitar ações judiciais infundadas e destaca a necessidade de uma investigação minuciosa da conduta do profissional antes de buscar sua responsabilização. Além disso, aborda a ação de produção antecipada de provas como um meio de preservar evidências relevantes para casos de erro médico, garantindo uma análise apropriada antes do ingresso de ações judiciais.

Leia Mais »

Pedido de Medicamento

Por que contratar o Dr. Luciano Tavares?

Minha missão é garantir o acesso a medicamentos essenciais e de alto custo que são negados pelo SUS ou pelas operadoras de planos de saúde. A decisão de solicitar judicialmente o medicamento é sua!

Ao optar por esse caminho, minha equipe oferece os seguintes serviços:

Personalizado

Aqui cada cliente é único!

Não fazemosCopia e Cola“.

Nosso atendimento e execução dos serviços atendem seu problema de forma exclusiva.

Digital

Se seu processo é digital nós também podemos ser!

Atendemos de maneira 100% digital com contratos assinados pelo Portal de Assinaturas da OAB e conduzimos seu processo de forma totalmente eletrônica.

Especializado

Um time de advogados especialistas em seu caso!

Aqui você conta não apenas com um advogado, mas com um time especializado em seu problema. Que realmente sabe o que faz, e que não confunde teses jurídicas.

Todo Brasil

Atuamos em todo o Brasil!

Você pode ter o melhor e contar com um escritório que atua em pedidos de medicamentos em todo o Brasil, não importa onde você estejaVai ter algum ato presencial? Não se preocupe, temos advogados credenciados que podem te acompanhar.

Rolar para cima